1º de Maio de 2020

Publicado em:

Num momento em que o país vive um estado de emergência, devemos respeitar todos os que estão na linha da frente no combate a esta pandemia e não sermos os causadores de qualquer mal-estar.

Por tudo isto, o 1.º de Maio do SINDITE e da UGT este ano tem um formato diferente, mas nem por isso deixaremos de apresentarmos as nossas reivindicações nas várias plataformas digitais existentes.