Comunicado Conjunto -PROCESSO NEGOCIAL – DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES DE LUTA

Publicado em:

Processo Negocial

Em sequência do nosso pedido de negociação suplementar, em reunião com os Sindicatos no passado dia 9 de Julho, o Governo comprometeu-se a apresentar novas propostas, nas matérias sobre as quais não existe o nosso acordo, com especial enfoque no que diz respeito às transições e tabela salarial com as respetivas posições remuneratórias.

Nas últimas semanas temos alertado o Governo para a necessidade premente do mesmo efetivar a apresentação das referidas propostas, dado que estamos a realizar Plenários nacionais, nos quais, cada vez mais o sentido da decisão dos (as) colegas é o de realização de ações de luta e protesto, já no próximo mês de Outubro, cuja finalidade é exigir a apresentação de propostas que venham ao encontro das justas reivindicações dos TSDT.

O Governo, depois de ter marcado reunião para o dia 20/9, informou os sindicatos do adiamento da mesma para o próximo dia 27/09, aguardamos por essa reunião para podermos informar os colegas do resultado da mesma.

 

Plenários Nacionais

Os Sindicatos têm realizado Plenários a nível nacional, nos quais, a participação dos colegas se reveste de especial importância para a decisão dos futuros desenvolvimentos das ações de luta e protesto dos TSDT.

Estão programados mais Plenários com datas definidas nos próximos dias e que aguardam a confirmação das salas para posterior informação aos colegas.

ULS Guarda – das 11.00 às 13.30 horas, no Auditório Dr. Lopo de Carvalho – Sede da ULS Guarda, EPE

CH Cova da Beira – das 16.00 às 18.30 horas, na Sala 3 do Serviço de Formação do C. H. Cova da Beira, EPE

Évora – dia 1/10 – local e hora a definir

Santarém – dia 3/10 – local e hora a definir

Bragança – dia 10/10 – local e hora a definir 

Vila Real – dia 11/10 – local e hora a definir

Outros plenários estão a ser planeados e serão anunciados brevemente.

Ações de Luta e Protesto

Como temos explicado nos Plenários já realizados, estamos a preparar um calendário de ações de luta a desenvolver durante o mês de outubro, pois o Governo não nos deixa outra alternativa, uma vez que não apresenta propostas que se aproximem da nossa reivindicação, sendo previsível um desfecho de encerramento das negociações sem o acordo dos sindicatos, à semelhança do que já está a ocorrer com outras negociações na Administração Pública.

Importa reafirmar, o que temos declarado constantemente, que não é por falta de propostas e contrapropostas apresentadas por parte dos sindicatos sobre as matérias que consideramos fundamentais que não conseguimos firmar um acordo com o Governo. Estas matérias, abordadas nas propostas apresentadas ao Governo, estão resumidas nas exigências que fazemos na moção que tem sido apresentada aos colegas que marcam presença nos Plenários, a qual anexamos. 

Se o Governo não apresentar propostas que venham ao encontro das nossas exigências, não teremos outra alternativa senão regressar a firmes ações de luta para defendermos os nossos direitos e demonstrarmos, uma vez mais, a injustiça que pretendem aprofundar com este grupo profissional, revendo a sua Carreira mas mantendo a falta de paridade e equidade relativamente a outras Carreiras da Administração Pública. 

Colegas, após a reunião com o Governo que ocorrerá no próximo dia 27, os sindicatos irão anunciar as datas e as formas de luta, as quais serão ações de rua e paralisações a nível nacional. Mantém-te atento!

Nota final – Os Sindicatos decidiram realizar, no dia 28 do corrente mês, uma vigília que terá lugar em frente ao Ministério das Finanças, das 18 às 24h para dar início a mais um período de luta, se o Governo, na reunião do próximo dia 27, não apresentar propostas que se aproximem das nossas exigências.

 

QUEREMOS NEGOCIAR NOVAS PROPOSTAS

EXIGIMOS JUSTIÇA E EQUIDADE

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES

 

AS DIREÇÕES SINDICAIS

 

PDF – Comunicado Conjunto de 25/09/2018

PDF – PLENÁRIO GUARDA – VISEU

PDF – PLENÁRIO COVILHÃ – CASTELO BRANCO



Comunicado conjunto 07/09/2018

Publicado em:

Governo não cumpre com o compromisso assumido. Decorridos dois meses da última reunião do processo negocial da carreira dos TSDT, o Governo continua sem apresentar aos Sindicatos novas propostas, conforme foi o compromisso assumido nessa reunião pelos representantes Governamentais.

Os Sindicatos já avisaram o Governo que vão desencadear, de novo, ações nacionais de luta, auscultando os trabalhadores, REALIZANDO PLENÁRIOS A NÍVEL NACIONAL de esclarecimento e tomada de decisão sobre as ações de luta a programar, como protesto contra a não resposta do Governo às nossas reivindicações.

Estes plenários serão o ponto de partida para mais uma grande AÇÃO NACIONAL DE LUTA, com a proposta para aprovação de uma MOÇÃO pelos TSDT, em que estejam vertidas as principais reivindicações da classe.

PLENÁRIOS COM DATA MARCADA:

  • Lisboa: 12 de Setembro, das 19h às 22h – Auditório da UGT – R. Vitorino Nemésio, 5 – Lisboa – Confirmado
  • Coimbra: 13 de Setembro das 19h às 22h – Hotel D. Luís – Quinta da Várzea – Coimbra
  • Porto: 14 de Setembro das 19h às 22h – Sindicato dos Professores Zona Norte – R. Costa Cabral, 1035 – Porto – (a confirmar)
  • Faro/Portimão: 21 de Setembro das 18h às 21h – A confirmar
  •  

PLENÁRIOS COM DATA E LOCAL A ANUNCIAR:

  • Évora/Portalegre/Beja
  • Guarda/Covilhã/Castelo Branco
  • Vila Real/Chaves
  • Bragança/Mirandela/Macedo Cavaleiros
  • Viana do Castelo
  • Santarém/Torres Novas/Caldas da Rainha/Torres Vedras

A participação do maior número possível de TSDT, nestes plenários, é fundamental para decidirmos e desenvolvermos as nossas ações de luta e protesto público demonstrando, uma vez mais, o nosso descontentamento e vontade inequívoca de repudiar a atitude do Governo de não apresentar proposta para negociar com os Sindicatos do Setor. Exigimos respostas, o Governo não pode continuar a adiar mais a continuação deste processo negocial.

Os TSDT e os seus representantes legais, vão continuar a desencadear as ações de luta e reivindicativas, com protestos públicos, assim como desenvolver todo o género de ação politico/sindical e legal até às últimas consequências, em defesa de uma revisão da carreira que reponha a justiça e a equidade de tratamento com outras carreiras da Administração Pública e do Setor, do mesmo grau de complexidade e exigência habilitacional e profissional.

 COLEGAS, A VOSSA PARTICIPAÇÃO NOS PLENÁRIOS É FUNDAMENTAL.

CONTAMOS COM A VOSSA PRESENÇA E CONTRIBUTO PARA DESENVOLVERMOS MAIS UMA GRANDE AÇÃO NACIONAL DE LUTA.

 

QUEREMOS NEGOCIAR NOVAS PROPOSTAS

EXIGIMOS JUSTIÇA E EQUIDADE

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES

 

AS DIREÇÕES SINDICAIS

PDF – Comunicado Conjunto 07 set 18





Tabela Remuneratória Única

Publicado em:

Caros colegas,

em anexo deixamos a tabela remuneratória única dos trabalhadores que exercem funções públicas, contendo o número de níveis remuneratórios e o montante pecuniário correspondente a cada um e actualiza os índices 100 de todas as escalas salariais.

Saudações Sindicais

PDF – Tabela Remuneratória Única